18 de setembro de 2017 às 14:29

Comércio exterior da Bahia tem aumento de 7% no acumulado do ano

Do total de 2,1 milhões de toneladas movimentadas, 819 mil toneladas corresponderam às importações

Agosto (2017) – Julho (2017):

Em agosto, o comércio exterior baiano registrou crescimento de 15% em relação ao mês anterior, ao movimentar cerca de 2,1 milhões de toneladas contra 1,8 milhões em julho.

Do total de 2,1 milhões de toneladas movimentadas, 819 mil toneladas corresponderam às importações, com um aumento de 18% em relação ao período anterior, e 1,3 milhões de toneladas corresponderam às exportações, que registraram um crescimento de 13% em relação ao mês anterior.

No mês, a movimentação de cargas soltas e/ou granéis cresceu 17% e das 1,9 milhões de toneladas movimentadas, 16% foram movimentadas por portos ou terminais de uso privativo de outros estados, somando quase 317 mil toneladas. Já o volume de cargas conteinerizadas movimentadas fora do estado foi de 50%, atingindo aproximadamente um montante de 61 mil toneladas.

Agosto (2017) – Agosto (2016):

Comparando o mês com o do ano anterior, o comércio exterior baiano aumentou em 10%. As cargas soltas e a granéis avançaram 12% e as cargas conteinerizadas reduziram em 6%. As importações recuaram de 929mil toneladas para 819 mil (-12%), enaquanto as exportações aumentaram de 988mil para 1,3 milhões de toneladas (31%).

Vale ressaltar que as exportações baianas foram puxadas pelo escoamento da produção de soja do Estado que somou aproximadamente 538 mil toneladas. Desse montante, 18 mil toneladas foram movimentadas em São Luís (MA) e 520 mil pelo Terminal Portuário de Cotegipe em Salvador.

No Ano:

Ao se comparar o acumulado do ano corrente com o do ano de 2016, o resultado mostra que houve um crescimento de 7% na movimentação de cargas, com uma movimentação em 2017 de 14,4 milhões de toneladas. A movimentação de cargas soltas e granéis cresceu 9% e a de cargas conteinerizadas caiu 6%. As exportações subiram15%, atingindo aproximadamente 8,1 milhões de toneladas, enquanto as importações registraram queda de 2%, figurando em cerca de 6,3 milhões de toneladas.

Quanto ao tipo de carga, aproximadamente12,9 milhões de toneladas foram cargas soltas ou a granéis, enquanto1,5 milhões foram cargas conteinerizadas. Ademais, das 12,9 milhões de toneladas de cargas soltas e granéis movimentadas, aproximadamente 2 milhões foram movimentadas pelos portos de outros estados, o que representa uma parcela de 15%. Já das 1,5milhões de toneladas de cargas conteinerizadas, 425 mil toneladas foram movimentadas por portos fora da Bahia, e o seu percentual atinge 28% do total destas, movimentadas até então.

Cargas do comércio exterior baiano - via marítima
 (em 1.000 toneladas)

Comparação mensal

Ago.2017

Jul.2017

Variação

TOTAL

2.113

1.839

15%

Portos da Bahia

1.736

1.585

10%

Portos de outros Estados

377

254

48%

Fluxo:

 

 

 

Importação

819

692

18%

Exportação

1.295

1.147

13%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

1.929

1.645

17%

Portos da Bahia

1.613

1.442

12%

Portos de outros Estados

317

203

56%

Conteinerizadas

184

194

-5%

Portos da Bahia

123

143

-14%

Portos de outros Estados

61

51

19%

Comparação mensal

Ago.2017

Ago.2016

Variação

TOTAL

2.113

1.917

10%

Fluxo:

 

 

 

Importação

819

929

-12%

Exportação

1.295

988

31%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

1.929

1.722

12%

Conteinerizadas

184

195

-6%

Comparação anual

Jan-Ago.2017

Jan-Ago.2016

Variação

(Acumulado)

 

 

 

TOTAL

          14.418

          13.471

7%

Fluxo:

 

 

 

Importação

            6.364

            6.487

-2%

Exportação

            8.053

            6.984

15%

Tipo:

 

 

 

Soltas e granéis

          12.894

          11.856

9%

Portos da Bahia

          10.901

            9.985

9%

Portos de outros Estados

            1.993

            1.871

7%

Conteinerizadas

            1.523

            1.616

-6%

Portos da Bahia

            1.098

            1.130

-3%

Portos de outros Estados

               425

               486

-13%

 

Fonte: Secex/Mdic

Fonte: Usuport, com informações da Codeba